O deputado estadual João Caramez participou segunda-feira, dia 30/07, de reunião na sede da Sabesp- Região Oeste com o superintendente da Companhia, engenheiro Aurélio Fiorindo Filho, e os técnicos responsáveis pela região, os engenheiros Ernesto Maneco e Alessandro Muniz, para discutir os investimentos em infraestrutura para ampliação das redes de abastecimento de água e tratamento de esgoto em Itapevi e cidades vizinhas. “Estou lutando para que o projeto de lei 129/2018 do Governo de São Paulo seja aprovado e garanta a continuidade dos importantes trabalhos de ampliação da rede realizados pela Sabesp”, disse Caramez. O PL autoriza o Poder Executivo a prestar contragarantias à União em operações de crédito externas junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID e ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD e dá outras providências.A medida decorre de estudos realizados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP e pela Secretaria da Fazenda. “O trabalho é para garantir a continuidade das obras de ampliação para atender com qualidade a todas as comunidades de Itapevi e região”, citou o parlamentar. De acordo com o superintendente, a aprovação do PL é importante para continuidade dos trabalhos. Ele explicou apontando em mapas da cidade as obras em andamento. Entre os serviços estão os de interligações do Coletor Tronco São João com conclusão até 2018. “A obra beneficiará diretamente a comunidade do Jardim Amador Bueno, Jardim Ruth, Estância São Francisco, Jardim Portela, Jardim Briquet, Jardim Itacolomi, Jardim Santa Rita, Cohab Setor A, Jardim Itapuã, Parque Suburbano, Jardim Rosemeire e Centro”, disse.Em resposta a Caramez que pediu celeridade nos trabalhos para atender a população itapeviense, Filho ressaltou que “as obras seguem no ritmo compatível com as dificuldades decorrentes das características específicas do município de Itapevi: topografia (relevo acidentado), geologia (subsolo predominantemente composto de rocha) e uso e ocupação do solo (áreas irregulares e ocupação de margens de córregos), aliadas à complexidade das obras, as autorizações necessárias, as interveniências com concessionárias (CPTM e DER)”.O superintendente informou que obras previstas e respectivos prazos estão condicionados a assinatura do acordo judicial (TAC) entre Prefeitura Municipal, SABESP e Ministério Público. O valor total previsto dos investimentos no sistema de esgotamento é R$ 183.000.000,00. As obras da 3ª Etapa do Projeto Tietê serão realizadas até 2020 e atenderão os bairros de Jardim Amador Bueno, Estância São Francisco, Jardim Portela, Jardim Briquet, Jardim Santa Rita, Cohab Setor A e Centro. Já na 4ª Etapa do Projeto Tietê, corresponde aos serviços a partir de 2021, no Centro, Chácara Vitápolis, Cohab Setor A, Estância São Francisco, Itaqui, Amador Bueno, Jardim Briquet, Jardim Cruzeiro, Jardim Itacolomi, Jardim Itapuã, Jardim Portela, Jardim Ruth, Jardim Santa Rita, Parque Miraflores, Parque Suburbano e Vila Santa Flora.